Vamos dar uma força para as minas?

Está na hora de empoderar-se e empoderá-las!

Sabemos que existem mil formas de lutar por um espaço igualitário para as mulheres dentro de uma sociedade predominantemente patriarcal.

Cada um e uma pode e deve fazer a sua parte. Desconstruir-se e encarar o machismo que habita cada um de nós (mesmo que já no fundo, escondidinho). Precisamos nos informar sobre gaslighting, mansplaining, direitos da população transexual, gay, das mulheres, dos negros e de tantas outras minorias que precisam lutar com ainda mais afinco para se estabelecer socialmente.

 

Quer fazer a sua parte? Então chega mais!

 

A Benfeitoria

 

Bom, a maioria das pessoas lendo este texto é, provavelmente, de Belo Horizonte. Por aqui, nós também temos uma Benfeitoria para chamar de nossa, mas não é dela que vamos falar agora. Bora pegar um avião e desembarcar no Rio de Janeiro, onde fica a Benfeitoria em questão.

 

Trata-se de um crowdfunding. Uma plataforma online que recolhe colaborações para concretizar uma série de projetos. Cada um faz um depósito (do tamanho do bolso, então vale doaçãozinha, doação e doaçãozona) e os projetos inscritos vão se realizando por meio deste financiamento.

 

O negócio é que a Benfeitoria criou um canal onde junta apenas projetos encabeçados por mulheres que busquem aumentar a igualdade. Para dar uma ideia geral, os critérios para participar do canal são estes:

 

benfeitoria-mulheres-de-impacto 

 

Mulheres de Impacto

 

E qual é o nome do canal, afinal de contas? É esse aí de cima.

Vale reforçar que a Benfeitoria trabalha com projetos diversos, mas dentro do Mulheres de Impacto estão os assuntos que tratamos aqui neste post.

 

A ideia foi concebida junto da ONU Mulheres e a ONG Think Olga. Ao todo, foram 10 projetos selecionados, abordando temas como maternidade, esportes, música, parto humanizado, relacionamentos abusivos, beleza negra e intervenções urbanas. São eles: Mete a Colher(PE), Casa Longarina (RJ), Comparto (SP), Cores de Aidê (SC), Deixa Ela Em Paz (RJ), Afrô (RJ), Desabafa (RJ), Feminicidade (SP), Mãe Solo (RJ),  e Bonita Também (BA).

 

 

Faça parte

 

Conheça mais os projetos, veja se você se identifica com um deles (ou dois, ou três, ou todos!) e junte-se ao time! É só clicar aqui para colaborar: Mulheres de Impacto 

Lembrando que as mulheres não são seres frágeis que precisam de ajuda, mas bem que seria legal irmos todos juntos, certo?

Então não ajude, colabore!

 

gif_mdi_fb