Social Media e o fim do Facebook

Por Diogo Francia, Social Media.
Abril, 2018

 

Não é de hoje que percebemos que o Facebook não é a onda do momento
para a interação entre empresas e seus públicos, devido ao fato de seu algoritmo
fazer com que o conteúdo publicado pelas páginas não é entregue para nem ao
menos metade dos seus seguidores de maneira orgânica. As grandes marcas
mundiais já começaram a evasão do Facebook a algum tempo, que é o caso da
Nike, por exemplo, que realizou apenas 4 postagens nos últimos 90 dias, já se dava
a percepção sobre que é necessário saber se posicionar no ambiente digital para
que não se dependa apenas de publicações patrocinadas para ter alcance ao seu
público.

 

No meio disso tudo entra o papel do social media, profissional responsável
por representar e demonstrar esse posicionamento das marcas nos ambientes
digitais interativos, e o que temos que entender é que não são apenas as redes
sociais que vão fazer essa interação entre marca e público.

 

O que acontece é que, independente do momento atual em que vivemos, esta comunicação tem que ser realizada de maneira mais assertiva possível com o uso de ferramentas como testes A/B de postagens, criação de personas, identidade visual bem trabalhada, linguagem adequada ao seu público etc., pois o poder que as redes sociais, principalmente nossos amigos Facebook e Instagram têm no dia a dia de qualquer que seja o público é enorme, o que faz a diferença em como a marca deve se portar e como ela está presente na vida de cada pessoa desses públicos.

 

O social media tem que ter a mentalidade que ele tem que ter o
relacionamento com pessoas, e não com redes sociais. Não podemos nos tornar
reféns de redes sociais em decadência como o Facebook ou o “finado” Snapchat,
dos seus posts e campanhas Ads patrocinadas, e mais, pensar que apenas as redes
sociais são as únicas ferramentas para comunicação. É preciso se reinventar, testar,
analisar até encontrar a melhor maneira de se comunicar, vender seu produto, se
posicionar nos ambientes digitais.